DURANTE PERÍODO ELEITORAL, SITES DO GOVERNO DO ESTADO ESTÃO SUSPENSOS

Em atendimento à Justiça Eleitoral, Lei nº 9.504/1997, a Subsecretaria de Estado de Comunicação de Mato Grosso do Sul (Subcom-MS) informa que as áreas de notícias das páginas de internet de todos os órgãos estaduais, incluindo postagens em redes sociais oficiais e sites de programas específicos, estão interrompidas até o término das eleições.

A suspensão também se aplica a perfis de programas, projetos e ações desenvolvidas pelos órgãos estaduais e de qualquer subdivisão vinculada.

A divulgação das informações de interesse público e dos serviços de todos os órgãos estaduais caberá apenas ao Portal MS – do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, acessado no endereço www.ms.gov.br.

Este é o único site de governo que permanecerá com atualizações em sua área de notícias. As notícias serão publicadas após análise da Coordenação da Subsecretaria de Estado de Comunicação. Em casos específicos, a mesma consultará a Procuradoria Geral do Estado (PGE-MS) para garantir a legalidade da publicação.

Subsecretaria de Estado de Comunicação de Mato Grosso do Sul (Subcom-MS)

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA O CURSO EAD DE ATUALIZAÇÃO EM SAÚDE MENTAL, ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS (CASMAD).

Abertas as Inscrições para o Curso EAD de Atualização em Saúde Mental, Álcool e OutrasDrogas (CASMAD)

Os profissionais dos Serviços de Saúde de Mato Grosso do Sul poderão se inscrever, no curso de Atualização em Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas (CASMAD), ofertado pela Escola Técnica do SUS “Professora Ena de Araújo Galvão”, na modalidade EAD (Ensino à Distância). O curso é gratuito e osparticipantes obterão certificação de 60h e tem duração máxima de 04 semanas.

A formação visa o atendimento da demanda de formação de todos os profissionais das equipes de atenção básica, demanda esta originada pelos próprios trabalhadores no âmbito do Projeto Caminhos do Cuidado – no qual agentes comunitários em saúde, auxiliares e técnicos de enfermagem, integrantes das equipes da Estratégia de Saúde da Família (ESF) foram estimulados a discutir situações de saúde mental, álcool e outras drogas.

 O curso está vinculado ao Departamento de Gestão da Educação na Saúde da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação da Saúde do Ministério da Saúde – DEGES/SGTES/MS, ao Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz – Icict/Fiocruz e aRede das Escolas Técnicas do Sistema Único de Saúde – RET-SUS.

Organização curricular

O curso é divido nos seguintes 6 módulos:

 I- Introdução (um pouco de história)

Propõe-se apresentar a lógica da Atenção Psicossocial versus a lógica manicomial, tendo por base a Lei 10.216, introduzindo os dispositivos estratégicos da Saúde Mental – os CAPS.

 II- 4 Princípios para ação em SM

Apresentam-se e discutem-se os seguintes princípios

  1. a) Acolhimento, apoio eorientação ao grupo familiar
  2. b) Priorização dasfamílias em maior risco
  3. c) Busca e estímulo deparcerias no território
  4. d) Monitoramento eAcompanhamento do usuário

 III – Atitudes dos trabalhadores da ABS

Neste módulo debatem-se questões que vão desde o ponto de vista do trabalhador, os pré-conceitos em relação aos transtornos mentais, ao uso de drogas, a religião, o conceito ampliado de família, até a relevância do trabalho em equipe no alcance dos objetivos propostos.

 IV- Conceito de Rede

Além de introduzir o que vem a ser as Redes de Atenção à Saúde – RAS e a Rede de Atenção Psicossocial – RAPS, apresentando os dispositivos que a compõe, pretende-se refletir sobre o que é uma rede de saúde e como construí-la, dentro da participação de cada um que compõe essa rede. Ao final dessemódulo espera-se que se consiga identificar a rede local de cada território.

 V- Redução de Danos e o Papel da Estratégia de Saúde da Família

O que é Redução de Danos? A Redução de Danos se opõe a abstinência? Como fazer RD na ESF? Essas são perguntas que este módulo traz para debate e reflexão. Serão apresentadas também algumas drogas psicoativas, seus efeitos no sistema nervoso central e ações possíveis de serem realizadas pela ESF nocuidado aos usuários.

VI- Saúde, Sociedade e Território

Como atuar em territórios violentos. Não há como desconsiderar que muitas equipes de ESF estão localizadas em territórios nos quais a violência é a tônica. Assim, torna-se indispensável dialogar como lidar com a violência que de tantas formas atravessa a vida da comunidade e de trabalhadores da própria ESF.

Conclui-se com uma reflexão sobre o que seriam os desafios no cuidado em saúde mental, álcool e outras drogas, assim como as conquistas. A cura, a abstinência seriam sempre metas a serem firmadas e alcançadas? Como se perceber ‘vencendo’ nas ações cotidianas? Como lidar com a frustração? A conquista em resultados possíveis.

Critérios de Avaliação

A avaliação consiste em responder questões ao final de cada módulo. Ao concluir as respostas do último módulo, o aluno estará apto a receber o certificado deAtualização em Saúde Mental, Álcool e outras Drogas.

Metodologia

Propõe-se um desenho de formação que contemple prioritariamente toda a equipe da ABS, de modo a garantir informações homogêneas que poderão, durante o curso, serem aprofundadas de acordo com o grau de interesse, conhecimento e necessidade sentida por cada profissional. O curso será realizado namodalidade Educação a Distância (EaD). Todos os alunos terão o acompanhamento por um tutor, que atuará como facilitador do processo de ensino-aprendizagem. Os alunos deverão responder as atividades de exercício na plataforma e só assim serão liberados pelo tutor para prosseguir para o módulo seguinte.

Inscrições

As inscrições devem ser feitas através do link https://goo.gl/forms/nTTiVcuWEHHE0dfB3 no período de 20/06 a 29/06/2018.

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA O CURSO EAD DE ATUALIZAÇÃO EM SAÚDE MENTAL, ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS (CASMAD)

 

Abertas as Inscrições para o Curso EAD de Atualização em Saúde Mental, Álcool e OutrasDrogas (CASMAD)

Os profissionais dos Serviços de Saúde de Mato Grosso do Sul poderão se inscrever, no curso de Atualização em Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas (CASMAD), ofertado pela Escola Técnica do SUS “Professora Ena de Araújo Galvão”, na modalidade EAD (Ensino à Distância). O curso é gratuito e osparticipantes obterão certificação de 60h e tem duração máxima de 04 semanas.

A formação visa o atendimento da demanda de formação de todos os profissionais das equipes de atenção básica, demanda esta originada pelos próprios trabalhadores no âmbito do Projeto Caminhos do Cuidado – no qual agentes comunitários em saúde, auxiliares e técnicos de enfermagem, integrantes das equipes da Estratégia de Saúde da Família (ESF) foram estimulados a discutir situações de saúde mental, álcool e outras drogas.

 O curso está vinculado ao Departamento de Gestão da Educação na Saúde da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação da Saúde do Ministério da Saúde – DEGES/SGTES/MS, ao Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz – Icict/Fiocruz e aRede das Escolas Técnicas do Sistema Único de Saúde – RET-SUS.

Organização curricular

O curso é divido nos seguintes 6 módulos:

 I- Introdução (um pouco de história)

Propõe-se apresentar a lógica da Atenção Psicossocial versus a lógica manicomial, tendo por base a Lei 10.216, introduzindo os dispositivos estratégicos da Saúde Mental – os CAPS.

 II- 4 Princípios para ação em SM

Apresentam-se e discutem-se os seguintes princípios

  1. a) Acolhimento, apoio eorientação ao grupo familiar
  2. b) Priorização dasfamílias em maior risco
  3. c) Busca e estímulo deparcerias no território
  4. d) Monitoramento eAcompanhamento do usuário

 III – Atitudes dos trabalhadores da ABS

Neste módulo debatem-se questões que vão desde o ponto de vista do trabalhador, os pré-conceitos em relação aos transtornos mentais, ao uso de drogas, a religião, o conceito ampliado de família, até a relevância do trabalho em equipe no alcance dos objetivos propostos.

 IV- Conceito de Rede

Além de introduzir o que vem a ser as Redes de Atenção à Saúde – RAS e a Rede de Atenção Psicossocial – RAPS, apresentando os dispositivos que a compõe, pretende-se refletir sobre o que é uma rede de saúde e como construí-la, dentro da participação de cada um que compõe essa rede. Ao final dessemódulo espera-se que se consiga identificar a rede local de cada território.

 V- Redução de Danos e o Papel da Estratégia de Saúde da Família

O que é Redução de Danos? A Redução de Danos se opõe a abstinência? Como fazer RD na ESF? Essas são perguntas que este módulo traz para debate e reflexão. Serão apresentadas também algumas drogas psicoativas, seus efeitos no sistema nervoso central e ações possíveis de serem realizadas pela ESF nocuidado aos usuários.

VI- Saúde, Sociedade e Território

Como atuar em territórios violentos. Não há como desconsiderar que muitas equipes de ESF estão localizadas em territórios nos quais a violência é a tônica. Assim, torna-se indispensável dialogar como lidar com a violência que de tantas formas atravessa a vida da comunidade e de trabalhadores da própria ESF.

Conclui-se com uma reflexão sobre o que seriam os desafios no cuidado em saúde mental, álcool e outras drogas, assim como as conquistas. A cura, a abstinência seriam sempre metas a serem firmadas e alcançadas? Como se perceber ‘vencendo’ nas ações cotidianas? Como lidar com a frustração? A conquista em resultados possíveis.

Critérios de Avaliação

A avaliação consiste em responder questões ao final de cada módulo. Ao concluir as respostas do último módulo, o aluno estará apto a receber o certificado deAtualização em Saúde Mental, Álcool e outras Drogas.

Metodologia

Propõe-se um desenho de formação que contemple prioritariamente toda a equipe da ABS, de modo a garantir informações homogêneas que poderão, durante o curso, serem aprofundadas de acordo com o grau de interesse, conhecimento e necessidade sentida por cada profissional. O curso será realizado namodalidade Educação a Distância (EaD). Todos os alunos terão o acompanhamento por um tutor, que atuará como facilitador do processo de ensino-aprendizagem. Os alunos deverão responder as atividades de exercício na plataforma e só assim serão liberados pelo tutor para prosseguir para o módulo seguinte.

Inscrições

As inscrições devem ser feitas através do link https://goo.gl/forms/nTTiVcuWEHHE0dfB3 no período de 20/06 a 29/06/2018.

CONVITE DE ENCERRAMENTO DA 1° SEMANA DO TÉCNICO EM ENFERMAGEM DA ESCOLA TÉCNICA DO SUS PROFª ENA DE ARAÚJO GALVÃO

No período de 21 a 25 de maio de 2018, a Superintendência-Geral  e Gestão do Trabalho e Educação na Saúde, por meio da Escola Técnica do SUS Professora Ena de Araújo Galvão realiza a 1° Semana do Técnico em Enfermagem, com o tema: Suporte Básico de vida.  Essa semana tem como objetivo qualificar os 70

Continue lendo…

1ª Semana do Técnico em Enfermagem da Escola Técnica do SUS Profª Ena de Araújo Galvão

A Escola Técnica do SUS Profª Ena de Araújo Galvão irá realizar a 1ª Semana do Técnico em Enfermagem nos dias 21 a 25 de maio de 2018. 
 
O tema abordado será: Suporte Básico de Vida.
 
As oficinas serão realizadas durante o período letivo e são voltadas exclusivamente aos alunos das duas turmas do Curso Técnico em Enfermagem realizadas na sede desta Escola, no município de Campo Grande. 
 
Por este motivo não serão abertas inscrições ao público externo.
 
Para a solenidade de encerramento, que será realizada no dia 25 de maio de 2018 no plenário da Câmara Municipal de Campo Grande, convidamos toda a comunidade e ex-alunos para prestigiarem este dia que será dedicado à homenagem dos técnicos em enfermagem.
 
Maiores informações poderão ser obtidas através do telefone: 3345-8056 / 8055
 

Curso de formação de tutores acontece na ETSUS Profª Ena de Araújo Galvão

Durante os meses de fevereiro e março deste ano ocorreu a formação da primeira turma de tutores do Curso de Atualização em Saúde Mental, Álcool e outras Drogas (CASMAD), oferecida pelo Projeto Itinerários do Saber. No total foram formados dezessete profissionais de saúde que concluíram esta etapa da formação e estão aptos a serem tutores das turmas que serão ofertadas no decorrer deste ano.

Este curso está vinculado ao Departamento de Gestão da Educação na Saúde da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação da Saúde do Ministério da Saúde – DEGES/SGTES/MS; ao Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz – Icict/Fiocruz; e à Rede das Escolas Técnicas do Sistema Único de Saúde – RET-SUS.

Essa atualização tem por objetivos: desmistificar o cuidado em saúde mental, facilitando que os trabalhadores da ABS reconheçam e intervenham sobre quadros de sofrimento psíquico, aqui incluída a atenção a pessoa em uso prejudicial de álcool e outras drogas, identificando competências de cuidado que já são utilizadas e construindo novas ferramentas que auxiliem nos desafios apresentados pelo campo; e qualificar ao nível de atualização, os trabalhadores de nível médio e superior das equipes da estratégia da família.

A próxima etapa será a formação das turmas, que terão como público-alvo os trabalhadores da saúde, especialmente da Atenção Básica, que estejam interessados em aprimorar suas estratégias no cuidado nessa temática e que tenham conhecimento mínimo de internet, tendo em vista que trata-se de um curso na modalidade EAD.

Fiquem atentos ao site da ETSUS pois em breve divulgaremos maiores informações!

Encerramento do Curso: “Construção de Projetos Pedagógicos de Cursos de Especialização Técnica de Nível Médio de Enfermagem e Capacitação dos Agentes Comunitários de Saúde, em Linhas do Cuidado, segundo as Diretrizes do Ministério da Saúde”

A equipe da Escola Técnica da SUS Profª Ena de Araújo Galvão participou do curso: “Construção de Projetos Pedagógicos de Cursos de Especialização Técnica de Nível Médio de Enfermagem e Capacitação dos Agentes Comunitários de Saúde, em Linhas do Cuidado, segundo as Diretrizes do Ministério da Saúde”.

Este curso foi executado pela Universidade Federal de Santa Catarina, na modalidade semipresencial, totalizando uma carga horária de 60 horas.

O objetivo desta formação é que esses profissionais sejam capacitados para a construção de “Projetos Pedagógicos de Cursos (PPC)”, baseados na Diretriz para Capacitação de Agentes Comunitários de Saúde (ACSs) em Linhas de Cuidado e em quatro Diretrizes para Especializações Técnicas em Enfermagem em Linhas do Cuidado, nas temáticas “Saúde Materna, Neonatal e do Lactente”, “Atenção Psicossocial”, “Urgência e Emergência” e “Doenças Crônicas”.

Fonte: Observatório do cuidado, site http://www.observatoriodocuidado.org/mais-noticias/item/18996-ufsc-e-projeto-itinerarios-do-saber-realizam-primeiro-encontro-presencial-do-curso-de-capacitacao-em-linhas-de-cuidado

 

 

 

Credenciamento de docentes, orientadores e instrutores para Secretaria de Estado de Saúde (Edital nº 002/2017)

O Secretário de Estado de Saúde, no uso de suas atribuições legais, e com base nos Decretos nº. 12.949 de 31 de março de 2010 e nº. 13.010 de 23 de junho de 2010, torna público para conhecimento dos interessados a abertura de inscrições para a Seleção de docentes, orientadores e instrutores a serem credenciados e para participação de programas e projetos, conforme as necessidades da Superintendência Geral de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde/SES, descritas no Quadro I (edital e formulário em formato PDF em anexo)

Edital de Credenciamento nº 002_2017 SES

Anexo II Credenciamento nº 002_2017

 As inscrições estarão abertas no período de  13 e 14 de novembro de 2017, no horário de  8:00  às  14:00, na sede da Escola Técnica do SUS “Professora Ena de Araújo Galvão / SGGTES, sito à Rua Filinto Muller, nº 1480, e o Edital estará disponível nos sites: www.saude.ms.gov.br , www.etsus..ms.gov.br, www.espms.gov.br   e www.telessaude.ms.gov.br

As inscrições serão feitas através de requerimento acompanhado dos seguintes documentos:

  1. Cédula de identidade – cópia;
  2. CPF – cópia;
  3. PIS/PASEP (Caso não tenha o cartão, cópia da Carteira de Trabalho, onde está exposto o nº. do PIS/PASEP) – cópia;
  4. Comprovante de Formação Técnica ou Acadêmica – cópia autenticada;
  5. Modelo Anexo II – Formulário de Credenciamento com os documentos correspondentes;

Serão aceitas as inscrições postadas até a data final de   14 de novembro de 2017. Não sendo consideradas as efetuadas com data posterior.